PROCURA UMA EMPRESA?

PESQUISE POR NOME, NIF OU MARCA, GRATUITAMENTE!

Relatórios de todas as empresas portuguesas

Economia

Crise leva famílias a dispensar empregadas

Crise leva famílias a dispensar empregadas

O número de empregadas domésticas inscritas na Segurança Social caiu 28% em apenas um ano. A crise, principalmente, mas também o agravamento da taxa contributiva, explicam a descida.

O efeito é semelhante ao de uma bola de neve. Por causa da crise, as famílias estão a reduzir as horas de trabalho das empregadas domésticas, a cortar no preço por hora ou mesmo a despedi-las. Essa tendência começou a notar-se em 2009 mas intensificou-se este ano e é visível nos registos junto da Segurança Social. No início de 2011, havia 105 065 empregadas com registo de remunerações na Segurança Social, mas em janeiro deste ano, já eram apenas 76 256.

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa