Economia

Dados do INE confirmam fim da recessão em Portugal

Dados do INE confirmam fim da recessão em Portugal

O Instituto Nacional de Estatística confirmou, esta segunda-feira, as previsões para a economia portuguesa no terceiro trimestre, apontando para um crescimento de 0,2% face ao trimestre anterior e uma queda de 1% face ao mesmo trimestre de 2012.

O consumo privado, como uma diminuição menos acentuada, contribuiu de forma decisiva para esta melhoria do PIB.

De acordo com a segunda estimativa do INE, no terceiro trimestre de 2013, o Produto Interno Bruto (PIB) aumentou 0,2% face ao trimestre anterior, "refletindo um contributo positivo da procura interna que mais do que compensou o contributo negativo da procura externa líquida".

Em comparação com o mesmo trimestre de 2012, o PIB caiu 1,0%, acrescentando o INE que esta "redução menos intensa do PIB" no terceiro trimestre deste ano traduz "um contributo negativo menos acentuado da procura interna", que passou de -2,9 pontos percentuais no segundo trimestre para os -1,6 pontos percentuais, "devido sobretudo à diminuição menos significativa das Despesas de Consumo Final das Famílias Residentes".

Quando à procura externa líquida, o seu contributo para a variação homóloga do PIB diminuiu, situando-se em 0,6 pontos percentuais, em resultado da desaceleração das exportações de bens e serviços.

Outras Notícias