INE

Défice das contas públicas atinge os 4,9% até setembro

Défice das contas públicas atinge os 4,9% até setembro

O défice das contas públicas atingiu os 4,9% do Produto Interno Bruto (PIB) no final do terceiro trimestre do ano, depois de ter ficado nos 5,4% até junho.

"Considerando o conjunto dos três primeiros trimestres de 2020, o saldo das AP [Administrações Públicas] fixou-se em -4,9% do PIB (0,7% em igual período de 2019)", pode ler-se nas Contas Nacionais Trimestrais Por Setor Institucional divulgadas pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), esta quarta-feira.

No primeiro semestre, o défice tinha atingido os 5,4% do PIB, e a previsão do Governo para o conjunto do ano aponta para um saldo orçamental negativo de 7,3% do PIB, à semelhança do que acontece com a Comissão Europeia (CE) e Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).

O Conselho das Finanças Públicas (CFP) tem a previsão mais otimista, apenas uma décima abaixo de Governo, CE e OCDE com 7,2%, sendo a previsão mais pessimista a do Fundo Monetário Internacional (FMI), que aponta para um défice de 8,4% no final do ano.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG