Em atualização

Apple revela novos iPhones 13 com modo cinemático e chip A15 bionic

Apple revela novos iPhones 13 com modo cinemático e chip A15 bionic

Melhores, mais rápidos e sem grandes surpresas. Há quatro novos iPhones a chegar ao mercado, numa atualização do alinhamento da Apple que mantém a estrutura seguida no ano passado. O novo iPhone 13 é, na verdade, quatro: o iPhone 13, iPhone 13 mini, iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max. Os quatro novos modelos são todos 5G.

No evento mais importante do ano para a Apple, Tim Cook e a sua equipa mostraram o que andaram a fazer no último ano para garantir que o sucesso do iPhone 12 continua nos sucessores. Estes iPhones 13 têm melhorias principalmente ao nível do desempenho, câmaras e bateria.

Com as pré-reservas a abrirem esta sexta-feira, 17 de setembro, os smartphones estarão disponíveis a partir de 24 de setembro. O armazenamento começa agora nos 128 GB e vai até 1 TB no Pro e Pro Max. Os preços são os mesmos do alinhamento do ano passado: começam nos 824 euros para o iPhone 13 mini, 929 euros para o 13, 1179 euros o 13 Pro e 1279 euros o 13 Pro Max.

Tal como os analistas previram, o foco está nas características das câmaras. O 13 tem um novo design diagonal no sistema traseiro de câmara dupla e inclui agora o modo cinemático, para filmar vídeos de forma profissional. Mas é o 13 Pro e 13 Pro Max que trazem os melhores argumentos nesta área. Trazem um novo sistema de câmaras que permite, segundo explicou o gestor de produto Louis Dudley, tirar "fotos incríveis em qualquer situação", tal como imagens nítidas mesmo com pouca luz. O sistema de três câmaras inclui uma lente especial para fotos macro, para tirar fotos muito detalhadas à distância de dois centímetros.

Também é introduzida uma nova funcionalidade, "Photography Styles", para escolher o estilo antes de captar imagens - por exemplo, "contraste rico" ou "vibrante."

A adição do modo cinemático é outro dos destaques, algo que Dudley disse tornar os modelos em "dispositivos incríveis para filmar." Uma das coisas que passa a ser possível fazer é mudar o foco mesmo depois de as imagens serem gravadas.

Com a adição de ProRes para editar, o Pro e o Pro Max oferecem "workflow end-to-end em 4K", algo que a Apple diz ser exclusivo em smartphones destes novos modelos.

PUB

O desempenho é, naturalmente, mais rápido que os modelos anteriores. Os iPhones 13 trazem agora o chip A15 Bionic, que Kaiann Drance, vice-presidente de produto da Apple, garantiu ser "mais rápido que toda a concorrência." A performance da placa gráfica é 50% mais rápida, disse a responsável. O gestor de produto Greg Joswiak garantiu que "é o desempenho gráfico mais rápido de qualquer smartphone" da história.

A outra grande diferença está na bateria, garante a Apple. Todos os modelos duram mais que os anteriores, 1,5 horas mais no mini e Pro e 2,5 horas mais no 13 e no Pro Max.

"Estes são os melhores iPhones que alguma vez criámos", disse Tim Cook, depois de apresentados os smartphones.

O evento serviu também para atualizar os iPads, Apple Watch alguns serviços da empresa. Por exemplo, o Fitness+ vai ser alargado e chegará a Portugal no outono, com legendas, além de mais 14 países.

Em termos do Watch, foi apresentado o Series 7, com funcionalidades para ciclistas, ecrã com 50% mais área que o Series 3 e 70% mais claro dentro de portas. Vai custar a partir de 489 euros. Há também um iPad de tamanho tradicional renovado, com chip A13 bionic.

O iPad mini, que obtém "o maior upgrade de sempre", traz display liquid retina e passa a 8,3 polegadas e a ser 5G.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG