Economia

Bagão Félix: "Sinto-me envergonhado" por ser a 'troika' a decidir

Bagão Félix: "Sinto-me envergonhado" por ser a 'troika' a decidir

Bagão Felix, antigo ministro do Trabalho e das Finanças, defende que é preciso um consenso alargado para se avançar com a reforma do Estado e que se sente "envergonhado" por serem os técnicos da 'troika', que não conhecem a realidade do país, a decidirem onde cortar os quatro mil milhões de euros que irão permitir alcançar um défice de 2,5% em 2014.

Estes cortes são realmente necessários?

Para que se consiga alcançar o défice de 2,5% em 2014 é preciso cortar quatro mil milhões de euros. E tal só é possível cortar do lado da despesa, porque do lado dos impostos já se atingiu o limite do tolerável para as pessoas e para a economia.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Outras Notícias