Economia

BPN: "Andou-se atrás de projecto impossível"

BPN: "Andou-se atrás de projecto impossível"

"Andou-se atrás de um projecto impossível no BPN". Em entrevista à RTP, António de Sousa. presidente da Associação Portuguesa de Bancos condena os atrasos do anterior governo socialista.

"O Estado fez uma má opção. Como é que entre o momento da privatização (2008) e hoje (2011) não se fez nada?". Até Julho, segundo o calendário imposto pela troika, o Banco Português de Negócios terá que ser nacionalizado. Se isso não acontecer, acrescenta o presidente da APB, "resta a solução que já está definida, que é liquidar o banco", cabendo ao Estado reconhecer no défice as imparidades que foram apuradas até lá.

Leia mais em Dinheiro Vivo, a sua nova marca de economia