Petróleo

Combustíveis baixam até 13 cêntimos na próxima semana

Combustíveis baixam até 13 cêntimos na próxima semana

O impacto da pandemia de covid-19 chega na próxima semana ao setor dos combustíveis em Portugal, com gasolina e gasóleo a terem reduções históricas nos preços.

Com a queda do petróleo, é uma redução esperada mas que, ainda assim, não deixa de ser histórica.

A gasolina deverá ficar entre 11 a 13 cêntimos por litros mais barata já a partir da próxima segunda-feira.

O gasóleo deverá descer 8 a 9 cêntimos.

Valores que resultam de estimativas de fontes do setor, mas que dependem, ainda, do comportamento dos mercados nesta sexta-feira.

"Só temos as cotações até ontem [quinta-feira], mas não é expectável que os dados de hoje venham a alterar significativamente a média da semana. E a quebra acentuada das cotações da gasolina e do gasóleo vai refletir-se numa redução significativa do preço final ao consumidor, não sendo descabidos os 12 a 13 cêntimos por litro na gasolina e dos 8 a 9 cêntimos no gasóleo", destaca fonte contactada pelo Dinheiro Vivo, lembrando, no entanto, que o valor final vai sempre depender de empresa para empresa e de posto para posto.

Isto significa que, e comparativamente aos valores da passada segunda-feira, 9 de março, o preço médio por litro de gasolina simples 95 poderá baixar, na próxima semana, para os 1,366 euros o litros e os do gasóleo simples para 1,238 euros o litro. E se para quem abastece o carro uma redução de preço é sempre uma boa notícia, numa lógica de curto prazo, numa análise mais ampla podem-se esperar impactos "muito gravosos" na economia mundial, designadamente agravando a recessão de alguns países para os quais Portugal é um exportador líquido, como Angola, por exemplo.

A descida dos preços do petróleo são a reação dos mercados ao abrandamento da economia mundial, decorrente da pandemia do novo coronavírus, ampliada pela guerra de preços entre a Arábia Saudita e a Rússia e pela recente decisão de Donald Trump de impedir a entrada de europeus nos Estados Unidos nos próximos 30 dias.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG