Economia

Euromillhões: cinco situações a ter em atenção

Euromillhões: cinco situações a ter em atenção

Em oito anos, os cheques dos prémios do Euromilhões já entraram na conta de mais de uma centena de portugueses. Hoje estão em jogo mais 176 milhões. Se por acaso lhe calhar a si entrar para o clube dos "excêntricos", tenham em atenção estas cinco situações.

Impostos

O enquadramento legal do Euromilhões em vigor em Portugal estabelece que o prémio anunciado corresponde ao seu valor líquido, ou seja, livre de impostos. Quem hoje acertar em cheio na chave de cinco algarismos e duas estrelas levará para casa um cheque de 176 milhões de euros (se for o único a vencer o 1º prémio) e no próximo ano, quando entregar a declaração de IRS não pagará qualquer imposto por ter recebido este montante.

A tributação do Euromilhões existe mas através do Imposto de Selo: paga pelo apostador quando este preenche o boletim para fazer a aposta.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG