Economia

Há municípios que cobram 21 vezes mais pela água que vizinho

Há municípios que cobram 21 vezes mais pela água que vizinho

As tarifas da água em vigor em 2012 podem ser 21 vezes mais altas num município do que no vizinho. Esta diversidade de preços é para a associação Deco inadmissível, tendo em conta que está em causa um bem essencial.

Entre Mondim de Basto e Paços de Ferreira, a diferença do preço pelo consumo de 120 metros cúbicos de água ascende a 175,44 euros. As regras de cálculo usadas por cada município, assim como a existência de mais ou menos tarifas fixas e variáveis, explicam estas oscilações nas faturas, segundo uma análise efetuada pela Deco Proteste.

A dificuldade que os consumidores têm em saber o que estão exatamente a pagar e de que forma se chega ao valor que lhes é cobrado leva também esta associação de defesa do consumidor a exigir que as entidades responsáveis pela emissão da fatura justifiquem e divulguem as taxas cobradas.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG