Economia

Governo recua no IMI e mantém cláusula de salvaguarda

Governo recua no IMI e mantém cláusula de salvaguarda

Vítor Gaspar tinha anunciado a eliminação da cláusula de salvaguarda que impedia que o IMI das casas reavaliadas no âmbito da avaliação geral de imóveis subisse mais de 75 euros em 2013, face ao valor pago este ano. A SIC avança agora que "é certo que a cláusula não caia", e como tal o tecto para a subida de IMI irá manter-se.

Esta será uma das medidas que o Executivo deverá anunciar na próxima segunda-feira quando Vítor Gaspar falar ao país para apresentar o Orçamento para 2013. O documento ficou fechado durante esta madrugada, depois de 20 horas de reunião entre ministros.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia