O Jogo ao Vivo

Economia

Passos dá subsídio de 753 euros por mês a Agostinho Branquinho

Passos dá subsídio de 753 euros por mês a Agostinho Branquinho

Apesar da austeridade orçamental máxima e da necessidade de forte contenção em 2013 e 2014 pedida pelo Governo, o secretário de Estado da Segurança Social, Agostinho Branquinho, optou por não abrir mão do seu subsídio de alojamento.

Pedro Passos Coelho, com o parecer favorável da ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, aprovou assim um apoio no valor de 753 euros por mês ao governante. É o que prevê um despacho publicado esta terça-feira no Diário da República baseado numa lei de 1980.

Segundo o despacho, "sob proposta do respetivo membro [do Governo]", o primeiro-ministro concordou em dar luz verde ao subsídio de residência, um direito previsto numa lei de 1980 na qual se prevê que "aos membros do Governo que não tenham residência permanente na cidade de Lisboa ou numa área circundante de 150 km pode ser concedida habitação por conta do Estado ou atribuído um subsídio de alojamento, a partir da data da sua tomada de posse".

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia