Luanda Leaks

Arresto de contas de Isabel dos Santos está a impedir pagamento de salários

Arresto de contas de Isabel dos Santos está a impedir pagamento de salários

"Em Portugal (...), a justiça entendeu arrestar e congelar contas bancárias, consequentemente impedindo as empresas de pagarem a trabalhadores", diz a empresária angolana Isabel dos Santos.

A investidora angolana Isabel dos Santos anunciou esta quinta-feira que "o arresto às contas bancárias pessoais e das empresas em Portugal está a impedir movimentação das mesmas nos diversos bancos, com sério risco de destruição de valor para todos os stakeholders".

"Em Angola, os arrestos não impediram o pagamento de salários, a fornecedores, impostos e Segurança Social. Em Portugal, pelo contrário, a justiça entendeu arrestar e congelar contas bancárias, consequentemente impedindo as empresas de pagarem a trabalhadores, à Autoridade Tributária, Segurança Social e fornecedores", refere num comunicado.

Em Portugal, Isabel dos Santos detém a Efacec e é acionista da NOS, através da Zopt - uma holding em que é parceira da Sonae. É ainda acionista indireta da Galp. Tanto a NOS como a Galp estão cotadas em bolsa.

A empresária é ainda a maior acionista do banco EuroBic, que está num processo de ser vendido ao espanhol Abanca. Isabel dos Santos não especifica, no comunicado, se todas estas empresas que têm as suas contas bancárias congeladas.

"Com a presente situação, de um inexplicável e infundado arresto às diversas contas bancárias pessoais e das empresas em Portugal, o qual foi já impugnado pelos meus advogados, e que na prática está a impedir a movimentação das mesmas nos diversos bancos, esta realidade passará naturalmente a ser outra, apresentando-se como um sério risco de destruição de valor para todos os stakeholders", frisa.

PUB

"Continuamos a tudo fazer para continuar a cumprir com os parceiros financeiros, com todos os nossos trabalhadores e ainda perante o Estado naquelas que são as obrigações fiscais e contribuições sociais", salienta no mesmo comunicado. Ainda não foi possível obter uma reação da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários nem das empresas em que Isabel dos Santos é acionista.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG