Impostos

IVAucher alargado a discos e editoras de livros com retroativos

IVAucher alargado a discos e editoras de livros com retroativos

A alteração terá efeitos retroativos ao início do programa, ou seja, às compras efetuadas a partir de 1 de junho.

As lojas de discos e as editoras de livros vão integrar o programa IVAucher. O Governo vai acrescentar estes dois novos códigos à lista das actividades económicas abrangidas por este incentivo ao consumo, avança esta terça-feira o jornal "Público".

Esta alteração terá efeitos retroativos a 1 de junho, quando se iniciou o programa IVAucher. Os clientes que realizram compras em lojas de discos e editoras de livros e que pediram factura com número de contribuinte vão poder beneficiar do IVA suportado nessas aquisições.

A formalização desta decisão deverá ocorrer na próxima semana, na reunião do conselho de ministros de 26 de agosto.

De acordo com os números mais recentes, 80% do IVA acumulado pelos contribuintes no primeiro mês do programa IVAucher teve origem no setor da restauração.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG