Banca

Lucro do BCP sobe mais de 70% para 85 milhões

Lucro do BCP sobe mais de 70% para 85 milhões

O banco apresentou uma redução "significativa" na exposição a ativos problemáticos.

O BCP aumentou o lucro para 85,6 milhões de euros nos primeiros três meses de 2018, uma subida de mais de 70% face ao mesmo período do ano anterior. Nuno Amado, o presidente do banco, justificou a melhoria dos resultados com o crescimento da atividade em Portugal e com a "redução significativa" das exposições não produtivas.

Essa exposição a ativos problemáticos desceu "cerca de 500 milhões face ao final de 2017 para 6,3 mil milhões em Portugal", indicou o banco na apresentação dos resultados trimestrais. Além da redução do peso do malparado e de outros ativos não produtivos, o banco liderado por Nuno Amado destacou a melhor evolução do negócio em Portugal.

O banco indicou que a atividade doméstica teve um "contributo de 44,5 milhões nos primeiros três meses de 2018, comparando com nove milhões no mesmo período de 2017".

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia