Economia

Ronaldo dado como garantia junto do BCE

Ronaldo dado como garantia junto do BCE

O empréstimo que o Caja Madrid concedeu ao Real Madrid em Junho de 2009 para as contratações de Cristiano Ronaldo e Kaká servirá ao Bankia como garantia, através da qual vai obter liquidez perante o Banco Central Europeu.

O referido crédito, no valor de 76,5 milhões de euros, foi incluído pelo Bankia juntamente com outras operações no fundo de titularização de activos denominado "Madrid Activos Corporativos V".

O Bankia decidiu emitir obrigações através de um fundo no valor de 772,85 milhões de euros, que tem empréstimos a uma série de empresas, como a ACS, a Abertis, a Acciona, a FCC, a Galp Energia ou o Real Madrid. O fundo foi constituir para transformar esses empréstimos em valores de taxa fixa homogéneos, estandardizados e, por isso, susceptíveis de servir como colateral na altura de pedir empréstimos ao BCE para obter liquidez.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG