Banco de Portugal

Dívida pública baixou 900 milhões de euros em 2021

Dívida pública baixou 900 milhões de euros em 2021

A dívida pública na ótica de Maastricht, a que conta para Bruxelas, diminuiu para 127,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2021, uma redução de 7,7 pontos percentuais face a 2020, revelou o Banco de Portugal (BdP).

Segundo a informação divulgada pelo banco central, no final de 2021 a dívida pública totalizava 269.600 milhões de euros, menos 900 milhões de euros do que no final de 2020.

"Esta redução refletiu amortizações de títulos de dívida, no valor de 4600 milhões de euros, que foram parcialmente compensadas pelo aumento de passivos em depósitos (1400 milhões de euros), nomeadamente depósitos de entidades terceiras junto das administrações públicas e certificados de aforro e do Tesouro, e em empréstimos (2400 milhões de euros)", precisa.

PUB

De acordo com o BdP, a variação dos empréstimos "foi explicada, sobretudo, pelos montantes recebidos da Comissão Europeia ao abrigo do instrumento europeu SURE (2400 milhões de euros) e do Mecanismo de Recuperação e Resiliência (400 milhões de euros)".

Contudo, em 2021, os depósitos das administrações públicas diminuíram 8300 milhões de euros, pelo que, deduzida desses depósitos, a dívida pública aumentou 7400 milhões de euros, para 253.900 milhões de euros.

A próxima atualização das estatísticas da dívida pública do Banco de Portugal será divulgada em 2 de março.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG