Economia

Pathena ou o smart money com pronúncia do Norte

Pathena ou o smart money com pronúncia do Norte

Pode soar a nome de divindade grega, mas a Pathena é uma sociedade de investimento em empresas de Tecnologias de Informação.

Dos escritórios no Porto, ou em Minneapolis, nos EUA, a equipa liderada por António Murta gere uma carteira de participações em quase uma dezena de empresas nacionais como a CardMobili, que desenvolveu uma (premiada) app para smartphones, feita para eliminar da carteira os cartões de fidelidade entre outros pessoais. Mas a última aposta chama-se Stemmatters, uma startup instalada no AvePark de Guimarães, ligada à medicina regenerativa de tecidos humanos, que reuniu 1,6 milhões de euros em capital de risco, numa mostra de que em Portugal também existe smart money.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG