Aviação

EasyJet anuncia novos cancelamentos de voos

EasyJet anuncia novos cancelamentos de voos

A companhia aérea easyJet anunciou novos cancelamentos por causa das restrições impostas pelos governos devido à pandemia de Covid-19 e da redução na procura de viagens. Os voos afetados não foram especificados.

Em comunicado enviado esta segunda-feira, a empresa explica que "esta tomada de posição reflete a estratégia da companhia que poderá implicar, no limite, a não utilização da maioria da frota easyJet". No entanto, a empresa garante que continuará a fazer os voos de repatriamento para que os cidadãos possam regressar aos seus países.

"Para ajudar a mitigar o impacto do Covid-19, estão a ser tomadas todas as medidas para diminuir custos e despesas não vitais para o negócio. A não utilização dos aviões fará baixar significativamente os custos variáveis", refere a nota, que adianta que, do ponto de vista financeiro, a companhia tem um saldo positivo de mais de 1,7 mil milhões de euros.

"A easyJet não tem refinanciamentos de dívida com vencimentos até 2022 e os financiadores reconhecem a robustez do seu modelo de negócio", sublinha o CEO da empresa, Johan Lundgren, garantindo ainda que a companhia "está a fazer tudo o que está ao alcance para enfrentar os desafios do Covid-19".

"Continuamos a operar voos de resgate e repatriamento, onde pudermos, para levar todos para casa, para que possam estar com a família e os amigos nestes tempos difíceis", salienta.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG