O Jogo ao Vivo

Portugal Mobi Summit

Edson Ishikawa. Volvo assume-se como pioneira na segurança e sustentabilidade

Edson Ishikawa. Volvo assume-se como pioneira na segurança e sustentabilidade

"Hoje, mais do que salvar pessoas falamos em salvar o planeta". Este foi o alerta deixado por Edson Ishikawa, diretor-geral da Volvo Car Portugal, na sessão de abertura da quarta edição da Portugal Mobi Summit. Recordando o caráter pioneiro da marca sueca nos últimos 95 anos, Ishiwaka sublinhou que, atualmente, segurança e sustentabilidade andam a par no que toca à estratégia da Volvo.

Ishiwaka lembrou que a marca foi a primeira entre os principais construtores de automóveis a anunciar o fim dos motores a combustão, bem como a primeira a limitar a velocidade máxima dos seus carros a 180km/hora e a banir o uso de pele animal no interior dos seus veículos elétricos. "A Volvo tem implementado projetos que vão ao encontro das novas necessidades", referiu o responsável da marca, lembrando a importância do recurso a matérias-primas provenientes de fontes sustentáveis e do desenvolvimento de novas soluções. "Tudo isto é um pouco do que a Volvo é hoje".

Sublinhando o papel da mobilidade elétrica para alcançar os objetivos de neutralidade carbónica, Edson Ishiwaka deixou um apelo a uma maior aposta na rede de abastecimento. "Em Portugal é mais do que necessário ter uma rede mais ampla acessível e eficaz. Só assim será possível levar a mobilidade elétrica à porta de cada um", disse.

Aos responsáveis políticos, o diretor-geral da Volvo Car Portugal lembrou a necessidade de políticas fiscais que favoreçam a mobilidade elétrica. "É necessária uma política fiscal adequada, consistente e previsível, adaptada às novas realidades e que seja eficaz o suficiente para assegurar a transição para a mobilidade elétrica".

Por último, o responsável da Volvo deixou um repto de celeridade a todos aqueles que podem impactar nesta transição: "É preciso mudar já. O planeta não pode esperar".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG