Covid-19

Emirates suspende voos para mais de 100 destinos

Emirates suspende voos para mais de 100 destinos

A companhia aérea Emirates Airlines anunciou este sábado a suspensão de voos para mais de 100 dos 159 destinos onde opera habitualmente, no quadro de medidas restritivas para combater a pandemia da Covid-19.

"Em resposta aos últimos desenvolvimentos da pandemia de Covid-19 no Mundo, a Emirates tomou medidas suplementares que vão além das exigências da indústria e das regras para garantir a saúde e o conforto dos nossos clientes", declarou a companhia dos Emirados Árabes Unidos em comunicado.

A maior companhia aérea do Médio Oriente, que opera habitualmente em 159 destinos, suprimiu 111 rotas, juntando este sábado destinos como Paris, Londres ou Nova Iorque a outros suspensos anteriormente em países como a China ou o Irão.

O período de suspensão irá variar de um a três meses consoante os destinos e, segundo a empresa sediada no Dubai, ligações como Paris (França), Frankfurt (Alemanha), ou Islamabad (Paquistão) serão afetadas "até nova informação".

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, já infetou mais de 271 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 12.000 morreram.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se já por 182 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu é aquele onde está a surgir atualmente o maior número de casos, com a Itália a ser o país do mundo com maior número de vítimas mortais, com 4.825 mortos.

Em Portugal, há 12 mortes e 1.280 infeções confirmadas.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG