Conteúdo PatrocinadoAmigos felizes

Controlar o peso para vida longa e saudável

Controlar o peso para vida longa e saudável

Animais também são vítimas do crescente sedentarismo, pelo que os donos devem estar atentos à alimentação.

Ter a tigela sempre cheia, petiscar em demasia ou saborear a comida do dono não são sinónimos de saúde para os animais de estimação. Tal como acontece com os humanos, o excesso de peso em cães e gatos potencia múltiplos problemas. A par de doenças, quilos a mais trazem dificuldades de locomoção e encurtam "substancialmente" a esperança média de vida animal.

Luís Ferreira, professor de Nutrição e Alimentação na Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Lisboa, aponta duas razões para a obesidade animal: ração a mais e sedentarismo. "Os alimentos estão muito bem formulados e o que acontece é que há um abuso desses alimentos. São muito energéticos e altamente palatáveis e, portanto, apetecíveis para os animais. Há ainda a tendência de os donos deixarem os alimentos mais ou menos à discrição; ou seja, os animais podem comer sempre que quiserem. Por outro lado, temos animais cada vez mais sedentários. Antigamente, andavam soltos, a correr e iam à caça e hoje estão muitas vezes confinados a um apartamento".

No caso dos patudos, uma dieta equilibrada varia consoante o porte e a idade, sendo que, no decorrer dos anos, a quantidade de ração a ingerir por dia deve ser reduzida. "Quando os animais estão num apartamento ou numa casa, podemos dar perfeitamente duas refeições por dia, desde que a quantidade total recomendada para aquele animal não seja ultrapassada", sublinha Luís Ferreira.

Para os felinos, o caso muda de figura: "Se não houver nenhum problema de saúde, devem ter o alimento sempre disponível. O gato vai comendo em pequenas refeições ao longo do dia e, sobretudo, à noite, quando ninguém vê".

Quando o tema é a saúde, mais vale prevenir do que lutar para reverter a situação. Além do cuidado com a alimentação, o exercício físico não pode ser descurado e o tutor deve pesar o animal com regularidade. "Qualquer aumento acima dos 10% em relação ao peso padrão deve ser imediatamente tomado em consideração", alerta o professor de Nutrição e Alimentação.

Cães e gatos viram estrelas de passatempo

Até sexta-feira, dia 17 de julho, o passatempo "Amigos Felizes" desafia as famílias a gravar um momento protagonizado pelos seus animais de estimação. Para participar basta partilhar o vídeo no TikTok, identificando-o com @TIKTOKAMIGOSFELIZESPETIS e #amigosfelizespetis. Os vencedores serão conhecidos a 19 de julho.

Outras Notícias