Conteúdo Patrocinado

Rituais de higiene para um animal saudável

Rituais de higiene para um animal saudável

Conheça os cuidados a ter com o seu bicho preferido, do banho aos dentes, passando por pelo e unhas.

Cuidar, sim, mas sem excesso de zelo. No que toca à higiene de cães e gatos, não há leis universais. Ainda assim, há regras base que importa cumprir, de forma a respeitar as características dos animais de companhia. Há que encontrar um equilíbrio e não tentar "humanizar" os fiéis amigos de quatro patas. Quer seja com o banho, a lavagem dos doentes ou a escovagem do pelo.

"A grande confusão que existe nas pessoas em relação à higienização dos cães e dos gatos tem a ver com o conceito de humanização. Os animais pertencem à nossa família. Contudo, não nos podemos esquecer que foram domesticados e não humanizados. Não podemos, porque tomamos banho todos os dias, replicar [esse comportamento] no animal. É um erro crasso", explica Rui Pinto, dono da Clínica Veterinária de Santa Rita, em Ermesinde.

Para patudos e felinos, o banho é diferente. Conhecidos pela sua independência, os gatos tratam da higiene sozinhos. Já nos cães, o conselho é dar banho o mínimo de vezes possível, apenas em caso de necessidade. A regra é nunca utilizar champô para humanos e evitar expor o animal a diferenças de temperaturas após o banho.

Cuidado com as infeções

Rui Pinto deixa o alerta com um exemplo: "Imaginemos que num dia de inverno, antes de jantar, demos banho ao cão depois de ele vir da rua porque estava todo sujo. Secamos o melhor possível e fomos jantar. Depois, à noite, ele voltou à rua. O problema é que o cão estava em casa, num ambiente quentinho, e o pelo primário estava seguramente ainda húmido. É muito fácil fazer uma infeção respiratória".

Em fase de pandemia, o banho não se torna crucial para minimizar possíveis fontes de contágio. De acordo com Rui Pinto, quando o animal regressa de um passeio no exterior é possível limpar as patas com produtos de higiene adequados ou, em alternativa, com o tradicional sabão azul e branco. A rotina deve ainda incluir a escovagem do pelo, sem descurar a desparasitação.

À semelhança dos donos, também os bichos de estimação estão sujeitos a problemas orais e, por isso, a lavagem dos dentes deve ser um ritual. De preferência, deve-se incutir esse hábito no animal desde muito jovem. "Os animais têm problemas de dentes e tártaro exatamente como nós", sublinha Rui Pinto.

Unhas e garras

Mas há tarefas que podem tornar-se difíceis de realizar dentro de portas. É o caso da tosquia ou do corte das unhas. Segundo o veterinário, os tutores de animais sem acesso ao exterior devem verificar com maior frequência o tamanho das unhas, uma vez que as garras não se gastam de forma natural entre passeios e correrias. No entanto, na altura de aparar, é crucial não cortar demasiado rente. "Se a pessoa nunca viu cortar, nem nunca o fez, deve informar-se junto de um técnico", aconselha.

Cães e gatos são estrelas em passatempo

Para quem tem animais em casa, há brincadeiras que ficam gravadas na memória. Para eternizar e dar a conhecer esses momentos, o "Jornal de Notícias" e a revista "Notícias Magazine" uniram-se ao Pétis na promoção do passatempo "Amigos Felizes", onde as estrelas são os bichos de estimação. O desafio é simples: as famílias têm de gravar num pequeno vídeo um momento original protagonizado pelos fiéis amigos de quatro patas. As inscrições para o passatempo já arrancaram e decorrem até 17 de julho. Para participar basta partilhar o vídeo na rede social Tik Tok, identificando-o com @TIKTOKAMIGOSFELIZESPETIS e a hashtag #amigosfelizespetis. Depois, é só aguardar pelo encerramento da votação online, também no dia 17 de julho. Entre os vídeos concorrentes, serão premiados os seis com mais "gostos". Os vencedores serão conhecidos a 19 de julho, no site do "Jornal de Notícias" e da "Notícias Magazine". Para os seis mais votados, há um prémio consoante o lugar alcançado. Todos recebem quatro coleiras repelente para cão ou para gato. Aos três primeiros lugares acresce ainda um voucher para gastar numa loja Kiwoko. A conquista do pódio equivale a 40 euros em compras. Já o segundo lugar recebe um vale de 20 euros e o terceiro de 10 euros. Os prémios serão entregues nos trinta dias subsequentes ao término do passatempo.

Aceda aqui a todos os conteúdos do passatempo "Amigos Felizes"

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG