A próxima conferência "Portugal que faz", promovida pelo Novo Banco, chega ao Alto Minho e pretende debater os desafios trazidos pela pandemia ao tecido empresarial da região.

Conteúdo PatrocinadoPortugal que faz

A força de superação do tecido empresarial do Alto Minho

A força de superação do tecido empresarial do Alto Minho

A iniciativa "Portugal que faz", uma parceria entre o Novo Banco e o Global Media Group, tem percorrido vários pontos do país com um ciclo de conferências para perceber como o tecido empresarial das regiões tem superado os desafios trazidos pela pandemia. A Escola Superior Agrária, em Ponte de Lima, é a próxima paragem desde roadshow.

Como habitualmente, António Ramalho, presidente executivo do Novo Banco, fará a primeira intervenção da conferência, seguindo-se Carlos Andrade, chief economist da instituição financeira, que fará um retrato económico da região do Alto Minho.

O debate, moderado por António José Gouveia, editor executivo do Jornal de Notícias, vai contar ainda com a participação de Luís Ceia, presidente da CEVAL - Confederação Empresarial do Alto Minho, Carlos Rodrigues, presidente do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Armando Fontainhas, presidente da Adega Cooperativa Regional de Monção, e Portela Rosa, fundador da Vianapesca-OP - Cooperativa de Produtores de Peixe de Viana do Castelo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG