O Jogo ao Vivo

O ciclo de conferências "Retomar Portugal" arranca esta quinta-feira tendo como tema o impacto da pandemia no setor Têxtil, Vestuário e do Calçado e em particular no que diz respeito à moda online e aos circuitos de distribuição.

Conteúdo PatrocinadoAtualidade

Em direto: O impacto da pandemia no setor têxtil

Em direto: O impacto da pandemia no setor têxtil

A indústria têxtil e de vestuário tem seis mil empresas e 138 mil empregados. Já o calçado tem 1526 empresas que empregam mais de 40 mil trabalhadores.

Com a chegada do coronavírus, os negócios têm sofrido um abalo considerável. 90%, ou mais, dos artigos de pele e de calçado nacional destinam-se à exportação. A pandemia provocou uma quebra de 20,5% nas vendas ao estrangeiro no primeiro trimestre deste ano. Porque os números não ficam por aqui, mais de dois terços das unidades têxteis a nível mundial reduziram a produção devido ao vírus.

É inegável a importância destes setores para a economia do país. E é exatamente por corporizarem uma fileira fundamental que o pontapé de saída da iniciativa "Retomar Portugal", vai focar a sua atenção neste setor.

Outras Notícias