Na terça-feira, a Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes apresentou a nova campanha promocional da marca Vinho Verde para o mercado nacional e anunciou a parceria com a região italiana.

Vinicultura

A união entre o vinho português e italiano é selada com 3,4 milhões de euros

A união entre o vinho português e italiano é selada com 3,4 milhões de euros

Assinada pela agência 5002, a campanha assume que "não há só um Verde. Há vários tons de Verde", remetendo para a diversidade desta bebida.

O dia não terminou sem o aguardado matrimónio entre a Região dos Vinhos Verdes e a Região de Verona, com um investimento da UE, no valor de 3,4 milhões de euros. O desafio foi lançado para que as regiões europeias com Denominação de Origem Protegida, fossem vinhos ou outros produtos alimentares, se associassem e fizessem projetos promocionais em conjunto.

A união foi selada com a harmonização de propostas gastronómicas com Vinhos Verdes e Vini Veronesi, promovidas pelo Chef português, Cláudio Policarpo, e o Chef italiano, Gaetano Barone.

Imobusiness