Economia

Estado arrecada só 23% da receita prevista nas SCUT

Estado arrecada só 23% da receita prevista nas SCUT

Os encargos da Estradas de Portugal em 2010 com as três ex-SCUT rondou os 237 milhões de euros e as portagens cobradas no último trimestre do ano ficaram-se pelos 14 milhões de euros. Ou seja, as receitas chegam para pagar cerca de 6% dos encargos.

Partindo dos valores do último trimestre de 2010, é possível estimar que as receitas com a cobrança de portagens cheguem aos 56,4 milhões de euros.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa