Economia

Estudo de Augusto Mateus propõe sinergias entre cultura, indústria e turismo

Estudo de Augusto Mateus propõe sinergias entre cultura, indústria e turismo

Um estudo divulgado, esta sexta-feira, em Lisboa, sobre o contributo da cultura e da criatividade para a internacionalização da economia portuguesa recomenda "a montagem e exploração de sinergias" entre a cultura, o turismo e a indústria do país.

Realizado pela Sociedade de Consultores Augusto Mateus & Associados, o estudo, encomendado pela Secretaria de Estado da Cultura (SEC) foi esta sexta-feira apresentado no Palácio da Ajuda com a presença do responsável pela tutela, Jorge Barreto Xavier, e pelo ministro da Economia, António Pires de Lima.

Trata-se do primeiro de dez estudos que estão a ser desenvolvidos por investigadores no âmbito do Plano Cultura 2020 em áreas de ação distintas, relacionadas com as recomendações feitas pela Comissão Europeia para a governação e programação de fundos nos próximos sete anos.

Na sessão, Augusto Mateus, coordenador do estudo, sublinhou a importância das sinergias nas áreas da cultura, turismo e indústria para "mudar o paradigma competitivo em Portugal".

"A internacionalização da economia portuguesa é mais do que aumentar as exportações. É preciso abandonar as antigas formas de fazer as coisas e incluir cada vez mais a inovação e a diferenciação", defendeu o economista.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG