telemóveis

Famílias gastam mais 2,1% na comida e vendas de smartphones dispararam

Famílias gastam mais 2,1% na comida e vendas de smartphones dispararam

Os portugueses consumiram menos no primeiro semestre, mas as despesas com alimentação aumentaram (2,1%). De resto, a crise ditou cortes em quase tudo. Escaparam os smartphones, cujas vendas dispararam (+73,9%).

Os artigos de fabricante foram os preferidos pelos portugueses no primeiro semestre do ano, revela o Barómetro da APED (Associação Portuguesa das Empresas de Distribuição), que aponta um crescimento de 1,4 pontos percentuais para uma quota de mercado de 64,2%. Em sentido contrário estiveram as marcas da distribuição, cujas vendas caíram 1,4 pontos, para uma quota de 35,8%.

"É uma tendência que tem vindo a desenhar-se desde final de março", explica Ana Isabel Trigo Morais, diretora-geral da APED, acrescentando que tal "reflete o esforço da indústria e da distribuição na construção de proposta de valor para oferecer ao consumidor." Ou seja, "preço, preço e oportunidade, via promoção, é o que move o consumidor, cada menos fiel a uma insígnia", defende a responsável da APED.

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG