O Jogo ao Vivo

Economia

Franquelim Alves demitiu-se da Sociedade Lusa de Negócios

Franquelim Alves demitiu-se da Sociedade Lusa de Negócios

Franquelim Alves, o administrador da área não-financeira da Sociedade Lusa de Negócios (SLN), a 'holding' proprietária do BPN, pediu a demissão do cargo, confirmou o gestor à Agência Lusa.

Segundo Franquelim Alves, que não quis adiantar as razões que levaram à sua saída da SLN, o pedido de demissão foi realizado na quinta-feira de manhã.

A SLN é a 'holding' que detém o Banco Português de Negócios, instituição que o Governo pretende nacionalizar por se encontrar em situação de colapso financeiro.

Franquelim Alves era desde Fevereiro o administrador responsável pela área não-financeira do grupo, que abrange investimentos em sectores como o imobiliário, a saúde, o turismo e a indústria transformadora, entre outros.

Contactadas pela Lusa, fontes do grupo SLN/BPN afirmaram que a saída de Franquelim Alves se deveu à instabilidade vivida nos últimos meses e à inexistência de condições para implementar uma estratégia de gestão eficaz.

As mesmas fontes expressaram preocupação pelo futuro das várias centenas de empresas que integram a área não financeira da SLN, as quais se encontram intimamente ligadas ao BPN.

O gestor entrou na SLN pela mão do accionista Joaquim Coimbra, que liderou o núcleo de investidores que, no início do ano, fez pressão junto da administração do grupo SLN/BPN, então liderada por José Oliveira e Costa, no sentido de se proceder à separação entre as áreas financeira e não financeira.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG