EUA

Fundador da Amazon torna-se o homem mais rico do mundo

Fundador da Amazon torna-se o homem mais rico do mundo

O fundador da Amazon, Jeff Bezos, tornou-se esta quinta-feira o homem mais rico do mundo, à frente de Bill Gates, graças à valorização em bolsa dos títulos da empresa de comércio eletrónico.

A fortuna do presidente executivo do grupo fundado em 1994 em Seattle está calculada em 90,5 mil milhões de dólares (cerca de 77,6 mil milhões de euros), de acordo com a atualização feita pela revista norte-americana.

A Forbes calcula que os ativos do fundador da Microsoft, Bill Gates, serão da ordem dos 90 mil milhões de dólares (cerca de 77,1 mil milhões de euros).

A fortuna de Jeffrey Preston Bezos tem como principal fonte a sua participação no capital da Amazon. De acordo com o último documento entregue ao regulador norte-americano do mercado, terá 17% do capital.

Desde que a Forbes divulgou em março a lista dos mais ricos do mundo, as ações da Amazon tiveram uma valorização em bolsa de 24%, o que equivale a um ganho de 17 mil milhões de dólares para Bezos, de acordo com os cálculos da revista.

Entre as 10 maiores fortunas figura também o fundador da rede social Facebook, Mark Zuckerberg, segundo uma estimativa que o aponta como detentor de ativos no valor de 72,9 mil milhões de dólares.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG