Combustíveis

Gasóleo aumenta pela sétima semana consecutiva

Gasóleo aumenta pela sétima semana consecutiva

Preço da gasolina deve agravar-se em 2,5 cêntimos por litro a partir de segunda-feira. Diesel sofre atualização de dois cêntimos por litro, prosseguindo escalada que dura desde meados de janeiro.

O gasóleo não parou ainda a sua tendência de subida às segundas-feiras, dia em que normalmente as petrolíferas atualizam os preçários nos postos de combustível. Desta vez, no dia 25, o agravamento será de dois cêntimos por litro, fazendo saltar, previsivelmente, o preço médio para 1,381 euros por litro, se tivermos em conta os preços registados junto da Comissão Europeia. Será a sétima semana consecutiva de aumentos, escalada que começou a 14 de janeiro.

Quanto à gasolina, o cenário é diferente. O preço deve sofrer um agravamento de 2,5 cêntimos por litro, o que fará saltar o preço final para 1,451, segundo o histórico de preços da Comissão Europeia. O fosso de preços entre o diesel e a gasolina deve manter-se nos sete cêntimos por litro, ainda em favor do gasóleo.

Recuando ao início de 2010 e recorrendo uma vez mais aos dados da Comissão Europeia, constata-se que a diferença de preço entre os dois combustíveis era de 24 cêntimos por litro a favor do diesel. Equivalia, então, a uma poupança, para o detentor de um carro a gasóleo comparativamente ao dono de um veículo a gasolina, de quase 11 euros num depósito de 45 litros. Há pelo menos 13 países da União Europeia onde a gasolina é mais barata do que o gasóleo.