PROCURA UMA EMPRESA?

PESQUISE POR NOME, NIF OU MARCA, GRATUITAMENTE!

Relatórios de todas as empresas portuguesas

crise

Governo alemão quer manutenção da austeridade nos países em crise

Governo alemão quer manutenção da austeridade nos países em crise

O Governo alemão exige aos seus parceiros da União Europeia que mantenham uma política de austeridade em vez de apoiar iniciativas destinadas a incentivar o crescimento como em Portugal e Espanha, afirma, este domingo, o jornal "Der Spiegel".

Segundo aquele semanário, um documento interno do ministério das Finanças alemão defende que a situação de debilidade económica da Zona Euro não permite que os Estados "se desviem" da linha de consolidação orçamental que, segundo Berlim, tem dado resultados positivos.

O Der Spiegel avança os exemplos dos governos português e espanhol, recordando os esforços do ministro português da Economia, Álvaro Santos Pereira, no sentido de fomentar o crescimento económico e incentivar o consumo e os investimentos.

Álvaro Santos Pereira afirmou, há duas semanas, que para Portugal conseguir "ter mais investimento nacional e investimento estrangeiro, é fundamental baixar os impostos às empresas e baixar o IRC".

O semanário alemão também cita declarações do secretário de Estado de Economia espanhol, Fernando Jiménez Latorre, a alertar para a necessidade de apoio por parte da Europa sentida pelos países mais castigados pela crise.

O Governo alemão considera, no entanto -- e de acordo com o Der Spiegel -- que a persistente debilidade do crescimento económico reflete um "processo de adaptação" na Zona Euro e diz que, por isso, não se pode responsabilizar a política de consolidação orçamental.