Motoristas

Governo está reunido com sindicato dos motoristas de matérias perigosas

Governo está reunido com sindicato dos motoristas de matérias perigosas

A reunião do Governo com o Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas, no Ministério das Infraestruturas, decorre desde as 16 horas, depois de o executivo já se ter reunido com a Antram de manhã.

À saída da primeira reunião, começou pelas 12 horas, o porta-voz da Antram - Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias, André Matias de Almeida, disse à Lusa que não iria prestar declarações.

Já de tarde, o advogado Pedro Pardal Henriques, que representa o Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), remeteu declarações sobre o conteúdo das negociações para mais tarde, mostrando-se "preocupado" por o Governo se ter reunido com a Antram sem a presença do sindicato, mas afirmou que iria dar "o benefício da dúvida".

O ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, que chegou já depois das 16 horas ao ministério, também não prestou declarações, desabafando apenas que "a telenovela já acabou", escusando-se a adiantar detalhes sobre ao que se referia.

A greve dos motoristas de matérias perigosas, que levou o Governo a adotar medidas excecionais para assegurar o abastecimento de combustível, terminou no domingo, ao fim de sete dias de protesto, depois de o SNMMP, que se mantinha isolado na paralisação desde quinta-feira à noite, a ter desconvocado.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG