O Jogo ao Vivo

Desemprego

Governo revê previsões e espera 16% de desemprego em 2013

Governo revê previsões e espera 16% de desemprego em 2013

O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, anunciou previsões mais pessimistas para a taxa de desemprego, esperando agora um agravamento da taxa para os 15,5% este ano e para 16% no próximo ano.

Numa declaração realizada após uma reunião com os parceiros sociais, o ministro das Finanças reviu as previsões que o Governo enviou há menos de um mês para a Comissão Europeia no âmbito do Documento de Estratégia Orçamental (DEO), prevendo uma nova deterioração.

Os novos números apontam agora para uma taxa de desemprego média para a totalidade deste ano de 15,5%, ao contrário dos 14,5% anteriormente esperados, e de 16% para o próximo ano, contra uma melhoria esperada de 14,1%, incluído no anexo que tanta polémica deu por não ter sido entregue aos deputados na mesma altura que o DEO foi entregue à Assembleia da República.

Vítor Gaspar adiantou ainda que espera que em 2013, altura em que estima novo recorde da taxa de desemprego para os 16% (totalidade do ano), esta taxa comece finalmente a inverter a tendência e apresente melhorias.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG