Banca

Grupo Santander com lucros de 5849 milhões até setembro. Portugal contribui com 339 milhões

Grupo Santander com lucros de 5849 milhões até setembro. Portugal contribui com 339 milhões

O grupo bancário espanhol Santander obteve lucros de 5.849 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, contra os prejuízos de 9.048 milhões do mesmo período de 2020, com Portugal a contribuir com 339 milhões.

Na informação que enviou, esta quarta-feira, à Comissão Nacional do Mercado de Valores (CNMV) espanhola, o grupo explicou que o benefício ordinário ou recorrente foi de 6379 milhões, em contraste com os 3658 milhões no ano anterior, depois de atribuir 570 milhões aos custos de reestruturação principalmente no Reino Unido e Portugal.

O grupo obteve um rendimento total de 34,6 mil milhões de euros nos primeiros nove meses de 2021, um aumento de 8% em relação ao ano anterior em euros constantes (excluindo movimentos cambiais), impulsionado por um forte crescimento do volume e da atividade dos clientes, com 94% do rendimento proveniente de receitas de juros líquidos e taxas.

O número total de clientes aumentou para 152 milhões, com 54% das vendas do grupo a serem feitas através de canais digitais em comparação com 44% no mesmo período do ano passado.

O capital CET1 'fully loaded' foi de 11,85%, mais 15 pontos base, no último trimestre.

No que diz respeito a Portugal, o lucro ordinário atribuível até setembro aumentou 39% em relação ao ano anterior, para 339 milhões de euros.

As receitas comerciais na filial portuguesa foram 2% mais elevadas, impulsionadas por rendimentos de taxas mais elevados (+14%), que compensam o impacto das baixas taxas de juro sobre os rendimentos líquidos de juros.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG