Economia

Há bancos a oferecer 0% nos depósitos a prazo

Há bancos a oferecer 0% nos depósitos a prazo

Os depósitos a prazo estão cada vez menos convidativos para os clientes. Com os bancos a pagarem cada vez menos para se financiarem junto do BCE, são recomendadas outras formas de rentabilizar as poupanças.

0 %. Já há bancos a oferecerem nada de remuneração aos clientes nos depósitos de curto prazo. É o mínimo permitido pelo Banco de Portugal. Agora que conseguem financiar-se junto do BCE a taxas negativas, os bancos não têm interesse em captar poupanças de curto prazo e "empurram os clientes para outras alternativas", explica Filipe Garcia, economista da IMF.

Banif, BPI e Novo Banco são, para já, os três bancos com depósitos a 0%. Mas, nos preçários de março, várias instituições bancárias voltaram a descer as remunerações que estão dispostas a pagar para que os clientes depositem o dinheiro nos seus cofres. Nos prazos mais curtos, até as melhores taxas são bastante baixas. O melhor que consegue é 0,9% (ActivoBank). A maior parte propõe remunerações próximas de zero. Em média, um depósito de 5000euro a um ano rende 0,7% líquidos, tanto quanto a inflação para este ano. Ou seja, boa parte dos depósitos atuais deverá proporcionar rendimentos reais negativos, especialmente nas grandes instituições, que têm atualmente taxas bastante baixas, alerta a Deco.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG