SCUT

Hotéis da Galiza pagam taxas das antigas SCUT a turistas portugueses

Hotéis da Galiza pagam taxas das antigas SCUT a turistas portugueses

Vários hotéis de Vigo, Galiza, em Espanha, estão a oferecer aos clientes portugueses o valor das portagens nas antigas SCUT nos programas especiais de passagem de ano para contrariar a redução de clientes já sentida no Natal.

A medida, que já começou a ser difundida pela Associação de Hotelaria de Vigo (Ahosvi) e pela Federação Provincial de Empresários de Hotelaria, prevê o pagamento das portagens entre Porto e Vigo, que pela antiga SCUT A28 (Porto - Viana do Castelo) chegam a cerca de nove euros.

Além do pagamento das portagens, as unidades hoteleiras de Vigo, a maior cidade da Galiza, com cerca de 280 mil habitantes, ainda oferecem aos clientes portugueses o "segundo copo" nos bares locais tendo em conta que a noite de passagem de ano é vivida, descrevem os hoteleiros, "de forma especial", com "um divertimento nocturno muito atractivo".

Esta campanha começa a ser implementada depois de as associações do sector terem apontado quebras de 60 por cento na afluência de turistas portugueses, no período de natal, em termos de estadias de duas e três noites.

Segundo dados da Ahosvi, dos 80.000 turistas estrangeiros que em 2008 pernoitaram em Vigo, metade eram portugueses, mas este natal foram cerca de 30 por cento.

A proximidade geográfica, as condições económicas e as semelhanças na língua eram motivos apontados para a forte procura dos turistas portugueses, sobretudo do Norte.

Já a quebra na procura é justificada na Galiza pelas "dificuldades" provocadas pela instalação de portagens nas antigas SCUT do Norte de Portugal, assim como a crise económica e financeira que o país atravessa.