Economia

Idade mínima da reforma pode ir para lá dos 66 anos

Idade mínima da reforma pode ir para lá dos 66 anos

A idade da reforma vai aumentar todos os anos e "passa a variar de acordo com a esperança média de vida", afirmou o ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, Pedro Mota Soares.

O ministro, que esteve a ser ouvido, sexta-feira, na Comissão de Orçamento e Finanças, adiantou que para o ano, na prática, "o que se pede aos portugueses é que trabalhem mais seis meses", uma vez que as regras atuais já exigiam algum tempo de trabalho além dos 65 anos para o acesso à pensão sem penalização, frisando que não haverá dupla penalização.

Recorde-se, que na passada quarta-feira, Pedro Mota Soares afirmou que "o Governo ficou aquém do pedido pela troika, que queria que a idade mínima da reforma subisse para os 67 anos".

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG