Economia

IEFP publica anúncio de emprego mas candidato já estava escolhido

IEFP publica anúncio de emprego mas candidato já estava escolhido

Uma oferta de emprego para um educador de infância na zona de Tavira, com o salário a rondar os 800 euros e cujo candidato devia estar inscrito como desempregado há mais de seis meses no Centro de Emprego. Nada de estranho até aqui, não fosse a referência, em letras maiúsculas, do candidato escolhido pela entidade empregadora.

"SÓ ADMITIR VERA PEREIRA", lia-se no anúncio de emprego que o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) publicou no seu site na internet para uma vaga de educador de infância na zona de Tavira.

A vaga de emprego foi anunciada quando o nome da candidata estava previamente escolhido pela entidade empregadora e foi publicado por lapso, adiantou a Antena 1.

A entidade empregadora fez o registo desta vaga indicando que uma das condições necessárias aos potenciais interessados era estarem inscritos há mais de seis meses no Centro de Emprego, de forma a ser abrangida por uma medida de apoio à contratação, designada Medida Estímulo 2012, para promover a contratação de desempregados.

A polémica está a ter ampla difusão nas redes sociais, embora, entretanto, no site do IEFP o nome da candidata escolhida já tenha sido retirado.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG