Economia

Inspectores do Fisco voltam a utilizar bens próprios em serviço

Inspectores do Fisco voltam a utilizar bens próprios em serviço

Os inspectores tributários decidiram este sábado, em Coimbra, voltar a utilizar os bens próprios na actividade inspetiva, na sequência de um despacho do Director-Geral das Finanças no sentido de uniformizar as ajudas de custo e transportes.

Os inspectores voltam a utilizar as viaturas próprias em serviço, suspendendo uma medida de protesto tomada na última assembleia geral da Associação dos Profissionais da Inspecção Tributária (APIT), a 22 de janeiro último.

Susana Silva, presidente da APIT, declarou à agência Lusa, no final de uma assembleia geral realizada em Coimbra, que poderão voltar a decidir formas de luta se não houver avanços na satisfação das reivindicações.

Segundo a dirigente, o despacho do Director-Geral das Finanças revela "alguma abertura", com a uniformização de critérios na atribuição de ajudas de custo e transportes, em cumprimento do disposto no Decreto-Lei n.º 106/98, de 24 de abril.

No entanto, considera ser preciso negociar "algumas aplicações práticas", e lembra que a Inspecção Tributária é o único corpo inspetivo que usa em permanência bens próprios, nomeadamente a viatura pessoal, para o desenvolvimento da actividade.

Susana Silva afirma que a resolução desta questão não afasta outras reivindicações, nomeadamente "uma carreira digna", um regime de carreira e a atribuição de um subsídio de risco, medidas que a associação vai continuar a reclamar junto da tutela.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG