Economia

2014 foi ano recorde para a Rolls-Royce

2014 foi ano recorde para a Rolls-Royce

Se a Europa enfrenta uma crise económica e financeira há vários anos, o mesmo não se pode do resto do Mundo. Que o diga a Rolls-Royce, que, em 2014, bateu o recorde de vendas em 111 anos de história.

No último ano, a marca de origem britânica vendeu 4063, um aumento de 12% em relação aos 3630 que tinha vendido no ano anterior. Com 127 concessionários em todo o mundo, a empresa detida pela BMW dominou o mercado para carros de valor superior a 200 mil euros.

Certo é que a marca está presente em mais mercados e tem mais modelos à venda (Ghost, Wraith e Phantom), mas não deixa de ser um sinal da prosperidade vivida em algumas regiões do Mundo.

Se a América do Norte é a região com maior número de vendas, não surpreende que China e Emirados Árabes Unidos estejam também no topo da lista de países com mais Rolls-Royce vendidos.

Como curiosidade, o concessionário que mais vendeu a nível global, foi a Rolls-Royce Motor Cars Abu Dhabi, revela a "Business Insider".

A procura por carros personalizados também se manteve em alta, com todos os modelos Phantom a saírem da fábrica com modificações pedidas pelos clientes, que serão empreendedores, proprietários de empresas e celebridades, adianta a empresa.

Os planos de crescimento da firma passam pela expansão da linha de modelos, com a possível introdução no mercado de um Rolls SUV.

ver mais vídeos