Economia

692 mil perdem isenção nas SCUT

692 mil perdem isenção nas SCUT

No final deste mês acabam as isenções e descontos para residentes e empresas nas ex-Scut. O Governo garante que o fim da discriminação positiva é definitivo. Mais de 600 mil utentes vão ser prejudicados.

As isenções e descontos nas sete antigas vias sem custos para o utilizador, Scut, estiveram para acabar a 1 de julho, mas o Governo prolongou por mais três meses a medida.

Agora, o secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, veio garantir que as isenções e os descontos nos moldes atualmente em vigor vão mesmo acabar no final do mês de setembro e justificou a decisão com normas comunitárias. À RTP, o governante explicou que "a diretiva comunitária que fixa as regras para que os preços da circulação nas estradas seja estabelecida a nível comunitário não permite que haja discriminação positiva, pelo facto de eu viver mais perto ou mais longe de uma estrada".

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

ver mais vídeos