PROCURA UMA EMPRESA?

PESQUISE POR NOME, NIF OU MARCA, GRATUITAMENTE!

Relatórios de todas as empresas portuguesas

Economia

Cada português sofre um corte de 792 euros

Cada português sofre um corte de 792 euros

O aumento da fatura do IRS e a perda nas remunerações vão provocar um corte de 7,9 mil milhões de euros nos rendimentos do trabalho durante o ano corrente. É o equivalente a 792 euros por português.

O s rendimentos do trabalho vão sofrer uma perda aproximada de 7,9 mil milhões em 2013, valor 68% superior ao corte de 4,7 mil milhões resultante da reforma do Estado prometida pelo Governo português à troika e cuja execução deverá prolongar-se até 2015. Esta perda decorre da subida do IRS - pagaremos mais 2,4 mil milhões do que em 2012 - e da baixa nas remunerações brutas do trabalho - reportadas pelo INE nas Contas Nacionais -, que dão conta de um recuo de 5,5 mil milhões de euros.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa