PROCURA UMA EMPRESA?

PESQUISE POR NOME, NIF OU MARCA, GRATUITAMENTE!

Relatórios de todas as empresas portuguesas

O Jogo ao Vivo

Finanças

Centeno fora da corrida ao FMI? França nega

Centeno fora da corrida ao FMI? França nega

Afinal, Mário Centeno ainda está na corrida à liderança do FMI. Fontes oficiais ligadas ao processo garantiam que a escolha estava reduzida a três candidatos, mas França assegura que o português é a quarta hipótese.

O ministro das Finanças e presidente do Eurogrupo já não estaria na corrida à liderança do Fundo Monetário Internacional (FMI), de acordo com fontes próximas do processo citadas pela Bloomberg e também pelo Financial Times. A agência dizia que a escolha do sucessor de Christine Lagarde está a ser liderada por França, que teria deixado cair o nome de Mário Centeno. No entanto, um porta-voz precisamente do Governo francês contrariou essa informação inicial, indicando que o atual líder do Eurogrupo mantém-se na corrida.

As candidaturas devem ocorrer entre hoje, dia 29, e dia 6 de setembro. A escolha será feita até dia 4 de outubro

Esta semana, a Reuters avançava que o ministro português era um dos cinco nomes na "shortlist" para suceder a Christine Lagarde na liderança do Fundo Monetário Internacional.

Para além de Mário Centeno, os nomes favoritos são agora a búlgara Kristalina Georgieva, diretora executiva do Banco Mundial, Jeroen Dijsselbloem, ministro das Finanças da Holanda, e Olli Rehn, governador do Banco Central da Finlândia e antigo comissário europeu. Georgieva tem o apoio dos EUA e Dijsselbloem da Alemanha.

Nadia Calvino, ministra da economia de Espanha, estará fora da corrida à liderança do FMI.

Noticia atualizada às 21 horas com mais informações