Combustíveis

Começou reunião para alargar requisição civil a todo o país

Começou reunião para alargar requisição civil a todo o país

Com uma hora e meia de atraso, os representantes dos motoristas e dos empregadores começaram a discutir com o Governo o alargamento dos serviços mínimos a todo o país.

Na manhã desta quarta-feira, no Parlamento, o primeiro-ministro António Costa tinha já admitido que os serviços mínimos decretados para as Áreas Metropolitanas de Porto e Lisboa fossem estendidos ao resto do país. Inclusão dos transportes públicos coletivos também está em cima da mesa.

A decisão vem na sequência de protestos de autarcas, que reclamaram contra a inclusão apenas das Áreas Metropolitanas.

A reunião é mediada pelo ministérios do Trabalho e do Ambiente. Caso não haja acordo entre as partes, competirá ao Governo manter ou reformular os termos dos serviços mínimos

Recorde-se que ontem foi decretada uma requisição civil devido ao incumprimento dos serviços mínimos.