Economia

Crise pode justificar cativação do 13.º mês

Crise pode justificar cativação do 13.º mês

O Governo está a estudar a possibilidade de lançar um imposto extraordinário ainda em 2011. Segundo o "Jornal de Negócios", deverá anunciar uma taxa especial de IRS, de modo a garantir que as metas de redução do défice negociadas com a troika para este ano sejam atingidas.

A inclusão desta nova taxa deverá recair sobre os contribuintes singulares e será cobrada a título excepcional e de uma só vez. A informação sobre este imposto extraordinário terá sido dada pelo Governo aos parceiros sociais, nas reuniões desta semana. Segundo o "Diário Económico", poderá ser uma cobrança mensal. Para outras fontes, pode ainda tratar-se de uma cativação do 13.º mês. O imposto não figura no programa de Governo.

Ler mais na edição e-paper ou na edição impressa.