UE

Défice: Bruxelas saúda "forte empenho" de Portugal e Espanha

Défice: Bruxelas saúda "forte empenho" de Portugal e Espanha

Comissário europeu dos Assuntos Económicos e Monetários congratulou-se em Bruxelas pelo "forte empenho" manifestado por Portugal e Espanha na redução adicional dos seus défices em 2010 e 2011.

"Uma redução rápida do défice constitui uma componente essencial no pacote de estabilização financeira aprovado durante o fim-de-semana", disse Olli Rehn em conferência de imprensa.

A União Europeia aprovou em duas reuniões durante o último fim de semana, a primeira entre líderes da Zona Euro e a segunda dos ministros das Finanças da UE, um pacote de apoios de 750 mil milhões de euros com a participação do Fundo Monetário Internacional (FMI) para ser utilizados pelos países europeus em dificuldade financeira.

Na mesma ocasião, Portugal e Espanha, países apontados como podendo seguir o exemplo da Grécia e ser alvo dos especuladores nos mercados financeiros, anunciaram um reforço da trajectória de redução da sua consolidação orçamental.

Olli Rehn espera que Espanha e Portugal informem nos próximos dias sobre todas as medidas que pretendem tomar, a tempo de os ministros das Finanças da UE poderem debatê-las quando se reunirem em Bruxelas na próxima terça feira.