Dados

Desemprego em Espanha aumentou em agosto

Desemprego em Espanha aumentou em agosto

O número de desempregados inscritos nos serviços públicos espanhóis de emprego registou em agosto um aumento de 47047 pessoas em relação ao mês anterior, o maior aumento neste mês verificado desde 2011, alcançando os 3182 milhões de inscritos.

Segundo os dados publicados esta terça-feira em Madrid pelo Ministério do Trabalho, Migrações e Segurança Social de Espanha, apesar do aumento mensal, o desemprego diminuiu em 200.256 pessoas em comparação com um ano antes, o que significa o número de pessoas sem emprego mais baixo num mês de agosto nos últimos dez anos.

Por setores de atividade, o desemprego aumenta principalmente nos serviços (mais 39758), mas também na indústria e na construção, enquanto se reduz na agricultura e entre as pessoas sem emprego anterior.

Por outro lado, o número médio de inscritos nos serviços de Segurança Social espanhóis registou em agosto uma diminuição de 202996 pessoas em relação ao mês anterior, para 18,839 milhões de pessoas ocupadas.