Economia

Embaixador do México convida portugueses a investir no país

Embaixador do México convida portugueses a investir no país

O embaixador do México em Portugal convida os empresários portugueses a investir no país sublinhando que as recentes medidas da administração norte-americana estão longe de afetar a economia mexicana.

"As últimas semanas têm sido de grande estridência mediática sobre os problemas que enfrentará o comércio entre o México e os Estados Unidos. Com o passar dos dias temos observado cuidadosamente, que não há alterações e que se algo muda será no sentido de equilibrar e modernizar o gigantesco intercâmbio do mercado norte-americano", escreve o embaixador Alfredo Pérez Bravo.

A mensagem é dirigida à conferência "Efeito Trump" que se realiza na quinta-feira em Lisboa, e que vai anunciar a missão empresarial portuguesa ao México e a visita de empresários mexicanos a Portugal em setembro.

Na carta, o embaixador refere que o México é hoje "uma das maiores economias do mundo" acrescentando que o "enlace económico com os Estados Unidos é de tal magnitude" que qualquer mudança na relação favorece ou prejudica ambas as nações.

Pérez Bravo observa que os investimentos estrangeiros "continuam a eleger o México" como um dos mercados favoritos e que o comércio entre as duas nações do norte da América mantém a vitalidade e dimensão.

"Apenas no evento 'Super Bowl 2017' foram exportadas cem mil toneladas de abacate mexicano, sem mencionar que as exportações, para a União Americana de Automóveis, televisões, equipamentos eletrónicos e outros produtos fabricados no México, não têm diminuído", exemplifica o embaixador.

Na mesma nota, o embaixador indica que os investimentos portugueses no México têm crescido de "modo significativo, com elevados retornos para Portugal" e não devem alterar-se.

Por outro lado, escreve o embaixador, as "mudanças no cenário mundial aconselham" o México a procurar uma maior diversificação das relações económicas, e nessa estratégia, os empresários portugueses destacam-se como novos sócios estratégicos.

Os contornos da visita de empresários portugueses ao México em julho e de "dezenas de empresas mexicanas" a Portugal no próximo mês de setembro vão ser anunciados na quinta-feira em Lisboa em que o embaixador vai estar presente.

A conferência organizada pela Câmara de Comércio e Indústria Luso-Mexicana conta também com a participação de responsáveis da ProMéxico (a agência de promoção da economia mexicana no estrangeiro) para a Portugal, e da AICEP, Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal.

Segundo os organizadores, a visita da missão empresarial portuguesa é uma "consequência direta do presidente americano, Donald Trump, querer alterar o NAFTA, o acordo comercial que une os Estados Unidos ao México e ao Canadá.

ver mais vídeos