Combustíveis

Gasóleo deve continuar praticamente esgotado até sexta-feira em Vila Real

Gasóleo deve continuar praticamente esgotado até sexta-feira em Vila Real

Apesar do fim da greve, o gasóleo vai continuar praticamente esgotado, pelo menos, até sexta-feira, altura em que devem começar a chegar os primeiros pesados com combustível para abastecer os postos.

As filas desapareceram, mas muitos automobilistas continuam a percorrer os postos da cidade à procura de gasóleo.

Corporações de bombeiros, transportes públicos e outras empresas que prestam serviços à população garantem que a situação está "controlada". Do lado dos automobilistas ainda há quem desespere por uns litros de gasóleo. Foi o caso do espanhol Juan Luís Castro e a família que estão a percorrer o norte de Portugal, em férias. "Preciso de combustível porque só já chega para fazer mais 80 quilómetros. Já é o quinto posto onde tento abastecer e não encontro gasóleo em lado nenhum", disse o espanhol, que desconhecia os motivos da falta de combustível.

Na bomba do Intermarché, o primeiro abastecimento está previsto para a manhã de sexta-feira. "Esperamos ser abastecidos durante o dia de amanhã. Será reposta uma certa quantidade de combustível que não dá para encher os tanques, mas vai dar para termos combustível para o dia", adiantou o responsável pela bomba, Nuno Vieira.

Durante a manhã de quarta-feira, este posto foi abastecido por um pesado, que transportava 15 mil litros de gasóleo aditivado e nove mil litros de gasóleo simples. "Ou seja, 24 mil litros ficaram esgotados em menos de 24 horas", sublinhou. Nuno Vieira acrescentou que Vila Real e o interior "precisam de combustível para circular como em Lisboa e no Porto". "Devíamos ter prioridade porque aqui não há gasóleo em praticamente lado nenhum", defendeu.

No posto da Petroeuropa, por exemplo, aguarda-se que o gasóleo seja reposto só no sábado. "Vamos estar mais dois dias, pelo menos, sem gasóleo. Parece que somos portugueses de segunda. Portugal é Porto e Lisboa. Ficamos tristes com esta situação", lamentou o proprietário da bomba, Manuel Pinto, que acrescentou que ainda tem "uma pequena reserva de gasóleo para alguns clientes" de maior dimensão.

Manuel Pinto adianta que passaram muitas dezenas de clientes pelo posto à procura de gasóleo. Beatriz Alves mora nos arredores de Vila Real e deslocou-se, esta manhã, à cidade para atestar o depósito. "Estou quase no vermelho. Parece que já não vou dar as voltas que precisava até isto estar resolvido", lamentou.

Imobusiness